Home / Uncategorized / “As mulheres serão as mais prejudicadas caso sejam aprovados os desmontes do governo Temer”, afirmou Luiz Turco

“As mulheres serão as mais prejudicadas caso sejam aprovados os desmontes do governo Temer”, afirmou Luiz Turco

Mais de 200 pessoas assistiram a “roda de conversa: as mães e seus direitos pós-golpe” que aconteceu no escritório político do deputado estadual Luiz Turco e puderam ouvir as explicações de Márcia Cunha Teixeira, doutora pela Faculdade de Direito da USP, que atuou como assessora parlamentar e servidora nas gestões municipais de Celso Daniel, Luiza Erundina e José de Filippi Jr, e atualmente é assessora de desembargadora no Tribunal Regional do Trabalho; Silmara Conchão, professora da Faculdade de Medicina do ABC, mestra em Sociologia pela USP e ex-secretária de Política Para as Mulheres de Santo André na gestão Carlos Grana; Isabella Lott, técnica do Dieese do Sindicato dos Químicos do ABC; Rosimeire de Barros, arte educadora e ativista cultural de São Bernardo do Campo; e Maria Izabel Azevedo Noronha, a Bebel, presidente da APEOESP.

Na ocasião, o Deputado Luiz Turco começou destacando a importância de se discutir esses temas, sobretudo em um momento como esse, de retirada crescente de direitos. “Quando a gente fala a palavra ‘reforma’ nos vem à mente algo bom, uma mudança pra melhor, por isso prefiro chamar de desmonte, pois as ações desse governo golpista irão dificultar ainda mais a vida das pessoas, principalmente das mulheres e dos jovens”, destacou.

28

Silmara reforçou a importância da iniciativa e falou sobre a violência do machismo em nosso dia a dia. “Ser mulher e mãe na nossa sociedade é um grande desafio. Nós agradecemos as homenagens, as flores, mas o que precisamos mesmo é discutir e tomar posse dos nossos direitos. O que precisamos é de uma vida digna”, ressaltou. Fala que também foi destacada pela Márcia Cunha, que disse em “usar a data não somente para enaltecer a maravilha de ser mãe, mas para trazer a discussão trabalhista e social para o universo das mães e das mulheres”. Márcia ainda destacou que a reforma trabalhista, se aprovada, pode colocar a mãe para trabalhar em condições insalubres, já que o atestado de salubridade passará a ser dado pelo médico da própria empresa.

26.1

Isabella, representante do Dieese, destacou a situação da mulher no mercado de trabalho, principalmente no ABC. Um dos temas abordados foi a diferença de salários em relação ao homem. Atualmente, a mulher recebe, em média, 22% a menos que o homem, o que traz impactos hoje e no futuro, já que a renda afeta diretamente no Fundo de Garantia e na aposentadoria. Outro tema discutido foi a jornada de trabalho. Segundo pesquisa do Dieese de 2015, 92% das mulheres realizam trabalho doméstico frente a 50% dos homens. Por isso a reforma trabalhista e da previdência são ainda mais injustas para as mulheres.

24.1

A presidente da Apeoesp, Bebel, destacou a situação da mulher professora, que com o desmonte da educação empreendido pelo governador Geraldo Alckmin, são obrigadas a trabalhar cada vez mais e em condições cada vez piores, com baixos salários, maiores jornadas de trabalho e salas de aula cada vez mais lotadas. Isso em um país que 84% do magistério é composto por mulheres. Por fim, para encerrar o encontro, Rosimeire, mãe de três filhos, mulher e negra, destacou que para ela a situação é ainda pior, pois lida com o machismo e o preconceito diário. “Por que nós mulheres ‘temos’ que fazer a janta? Por que nós ‘temos’ que arrumar a casa e cuidar dos filhos? A divisão do trabalho doméstico é injusta, além disso, desconsideram que esse trabalho é fundamental para a economia do país”, destacou. Rosimeire ainda enfatizou que o pouco de conquista que as mulheres conseguiram depois de muita luta estão ameaçadas pelo atual governo.

14.1

O Deputado Luiz Turco se colocou a disposição para seguir na luta contra os desmontes do governo Temer e do governo Alckmin, e firmou, mais uma vez, seu mandato como uma arena plural de discussão e formação política.

Assista o evento completo aqui: https://goo.gl/El2ghy

Mais fotos: https://goo.gl/UvRhin

5.1

Check Also

IMG_5904

2017: um ano de muitas lutas, desafios e conquistas

2017 foi um ano difícil para o Brasil. O governo ilegítimo de Temer realizou uma …