Home / Uncategorized / As promessas não cumpridas de Alckmin

As promessas não cumpridas de Alckmin

Começa 2018 e o governador Geraldo Alckmin começa seu último ano de mandato. Mas passados esses três anos de gestão, o que ainda falta realizar de suas promessas de campanha?

Separamos uma lista com todas aquelas ainda não cumpridas pelo governador. O levantamento é do portal G1.

Mobilidade Urbana

– Concluir a implantação das conexões dos Aeroportos de Guarulhos e o de Congonhas com o sistema metro-ferroviário da Região Metropolitana de São Paulo.

– Continuar a implantação do Sistema Integrado Metropolitano (SIM) da Baixada Santista, dando início ao BRT a partir de Praia Grande.

– Levar metrô até Taboão da Serra, Guarulhos e o ABC.

– Inaugurar primeiro trecho do trem intercidades entre Americana, Campinas e São Paulo. O projeto total prevê usar a área férrea já existente no eixo norte-sul, interligando Americana (SP) até Santos (SP), e no eixo leste-oeste, entre Sorocaba (SP) e Taubaté (SP).

– Entregar, no início de 2016, a Linha 17 – Ouro, com oito estações e o monotrilho. E a Linha 5 – Lilás, ao longo do ano.

Infraestrutura

– Ampliar e modernizar o porto de São Sebastião.

– Concluir a implantação do Trecho Norte do Rodoanel.

– Criar Câmaras de Logística para identificação de pontos críticos e gargalos logísticos.

– Implantar programa para a eficiência energética no setor rodoviário.

Educação e cultura

– Criar um programa de formação inicial de professores, em regime integral, para o sistema educacional do estado de São Paulo, articulado com o Conselho Estadual de Educação.

– Fortalecer a rede paulista de museus com a inauguração do Museu do Palácio dos Campos Elíseos, da unidade da Pinacoteca do Estado em Botucatu, e do Museu da História de São Paulo.

Saúde

– Inaugurar o primeiro Hospital de Trauma do Brasil.

– Implantar nova logística de armazenamento e distribuição gratuita de medicamentos.

– Criar o Observatório da Saúde do Trabalhador.

Economia

– Criar o Museu Virtual do Trabalhador.

Administração:

– Universalizar os programas da Fundação do Desenvolvimento Administrativo (Fundap) voltados para a capacitação e o aprimoramento dos servidores públicos.

– Universalizar a política de bonificação salarial para servidores públicos por meio de metas e resultados alcançados.

 

Check Also

usina-termoeletrica-de-peruibe-cred-rodrigo-montaldi-dl-4jpg

Laudo da Cetesb desaprova construção de Usina e reafirma vitória da população de Peruíbe

Movimento “Usina Não” teve mais uma vitória em Peruíbe: a Cetesb (Companhia Ambiental do Estado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *