Home / Uncategorized / “Cadê a prova?”: Comitê Sindical e Popular se organiza em defesa de Lula, da democracia e da classe trabalhadora

“Cadê a prova?”: Comitê Sindical e Popular se organiza em defesa de Lula, da democracia e da classe trabalhadora

“Defender Lula é defender a democracia. São anos de perseguição ao nosso ex-presidente. Desde o tempo em que Lula era sindicalista, já havia uma intensa campanha de perseguição contra ele. O que estamos vendo hoje é mais uma tentativa de tirar do jogo o candidato com mais intenções de votos, porque os que deram o Golpe sabem que, se Lula for candidato, ele irá ganhar e voltará a governar para o povo pobre desse país. Por isso, até o dia 24, vamos intensificar a mobilização em todo o Brasil, porque defender Lula é defender a democracia”, afirmou Luiz Turco.
lula
O PARTIDO DOS TRABALHADORES convida os cidadãos e as cidadãs democratas a participar das jornadas em apoio ao ex-presidente Lula, em todo o país e especialmente em Porto Alegre, onde será julgado dia 24, pelo Tribunal Federal Regional da Quarta Região, o recurso da defesa de Lula contra a sentença injusta e ilegal do juiz Sérgio Moro.
O ex-presidente Lula já provou em inúmeras situações a sua inocência no processo do caso “tríplex”, no qual foi condenado de forma injusta pela 13ª Vara Criminal Federal de Curitiba numa sentença que já foi taxada como “fictícia, abusiva e absurda” por juristas de renome nacional e internacional devido à falta de provas.
 
Para fortalecer por todo o Brasil a denúncia do uso abusivo de instrumentos jurídicos na perseguição política de Lula e no desmonte dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras, representantes de centrais sindicais como CUT, CTB, Força Sindical, NCST, UGT e Intersindical, além de movimentos sociais como o MTST, o MST e a Marcha Mundial das Mulheres, criaram um Comitê Nacional Sindical e Popular, que tem o objetivo de conscientizar a população de que não há uma prova sequer contra o ex-presidente.

Uma série de ações serão realizadas até o próximo dia 24, data em que o recurso será julgado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) em Porto Alegre após tramitação em tempo recorde.

Tendo sempre como mote principal da campanha o questionamento Cadê a prova?, estão previstas manifestações de rua e campanhas em redes sociais que deixam clara a total ausência de provas contra Lula no caso “tríplex”.

Mais informações em http://www.pt.org.br/
post_defender-lula2

Check Also

usina-termoeletrica-de-peruibe-cred-rodrigo-montaldi-dl-4jpg

Laudo da Cetesb desaprova construção de Usina e reafirma vitória da população de Peruíbe

Movimento “Usina Não” teve mais uma vitória em Peruíbe: a Cetesb (Companhia Ambiental do Estado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *