Home / Uncategorized / Dois pesos, duas medidas: a invalidação de Lula na Casa Civil e a posse de Moreira Franco no governo Temer

Dois pesos, duas medidas: a invalidação de Lula na Casa Civil e a posse de Moreira Franco no governo Temer

Outrora, quando Dilma decidiu nomear Lula ministro da Casa Civil, a grande mídia brasileira e os setores mais conservadores da sociedade saíram aos berros em suas varandas gourmet contra a decisão. Gilmar Mendes, um desses figurões representantes da Casa Grande, invalidou a nomeação por considerar que Dilma havia cometido “desvio de finalidade” e “fraude à Constituição”. Cômico, não fosse trágico, o silêncio providencial sobre a nomeação de Moreira Franco como ministro da Secretaria-Geral da Presidência no governo Temer.

Ora, se na época Gilmar Mendes alegou que a nomeação de Lula seria para garantir foro privilegiado, o que dizer de Moreira Franco, citado mais de TRINTA vezes na Lava-Jato?

Lula, à época, segundo defesa de seus advogados; “além de estar em pleno exercício de seus direitos políticos, pois não incidente em qualquer das hipóteses previstas no art. 15 da Carta da República. O Peticionário, ademais, sequer era indiciado, denunciado ou mesmo réu em ação penal”.

São dois pesos e duas medidas quando o assunto é Lula e o PT.

Há uma clara articulação jurídico-midiática que, no fundo, quer destruir um projeto de país que prega a justiça social, a distribuição de renda, e a inclusão daqueles que historicamente ficaram à margem das decisões políticas. Pra isso querem destruir a reputação do maior líder popular do país e o responsável por essas conquistas: Lula.

Check Also

IMG_5904

2017: um ano de muitas lutas, desafios e conquistas

2017 foi um ano difícil para o Brasil. O governo ilegítimo de Temer realizou uma …